segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Indignação

Nussa gente, o povo tava reclamando tanto que eu não postava aqui que resolvi aparecer e dizer o por que do sumiço.
Bem, dia 08/02 eu comecei a cursar meu Técnico em Informática pela tarde, então isso está consumindo meu período vespertino.
Semana passada foi a semana da popular manifestação corporal nacional sem sentido onde seus participantes liberam o lado negativo de suas insanidades e praticam ações que normalmente seriam represariadas, mas não nesta semana.
Também conhecido Carnaval, onde eu fiquei sem criatividade.
Pra completar dia 18/02, ao meio dia, eu tive o momento de maior felicidade da minha vida, fui aprovado no VestUfes 2010 e estarei cursando meu curso de Física (Licenciatura) a partir de 17/03 como sempre foi minha meta.
Isso acabará com meu período noturno.
Como minha vida pouco importa para os outros (e para mim também), vamos ao que interessa, minha insanidade:

'Já parou para se olhar no espelho hoje?
O que acha que verá?
Flores e lindas borboletas em sua volta
Ou estará morto em cima de um altar?
Pode parecer bobagem, mas daqui a cinco anos,
Onde acha que estará?
Descansando de mais um dia de realizações
Ou vendo a vida passar?
Viajando mais um pouco,
Como a história de ti lembrara?
Como alguém que lutou por seus objetivos
Ou como somente mais um nome a se apagar?

Estamos no hoje, estamos no agora
Devemos nos levantar e fazer de tudo, pois agora é a hora.
Não deixemos para depois,
Se o momento certo passar, lamento cara, mas, chora.

Imaginemos que somos uma semente
Nascemos, crescemos e se quiser,
Reproduziremos “para sempre”
Quando o “para sempre” se acabar
Iremos envelhecer, secar e murchar
Essa é a ordem das coisas, mas pra que acelerar?
Por que alguns se esquecem que a vida é para se viver?
Qual é a graça de morrer sem ter tido nada a aproveitar?
Sou bem mais a favor de gritar, me machucar, sofrer
Morrer sem ter vivido, não me atrai nem um pouco
Viver, ser feliz e ter sofrido, é melhor que o outro
Se compararmos uma vida covarde com uma vida de lutas
Não tem nem o que discordar,
Não te parece uma comparação injusta?

Posso ser louco, burro ou criança
Mas pelo menos algum dia eu tive esperança
Esperança de me alegrar, de sonhar, de realizar
Não fui fraco como você e tive medo de me machucar.

Você escolhe como vai viver,
Você escolhe como vai acabar,
Eu só lamento por você,
Mas eu não pretendo parar de "brincar".'



PS: Mau o texto grande e mal editado (blogger deu pau), mas é só pra marcar minha volta. Desculpem se não ficou bom, vou tenta fazer algo melhor na próxima. Até.

5 comentários:

  1. Herbert|| ANX || Tsuna-kun22 de fevereiro de 2010 21:49

    filosófico :O
    quero só ver você daqui 2 mêses de aulas :Dkk

    ResponderExcluir
  2. JúhH
    Caraa isso é o quee todoo mundoo tem vontade de falar e não tem coragem...


    *-*

    Perfeeeitoo

    ResponderExcluir
  3. Viver é o que todos temos ou pelo menos deveríamos fazer, mas não basta apenas falar sammy (*-*),seja mais uma pessoa "boba" pois eu sei que falta um pouco disso em vc.

    O post ta com um toque naturalista..gostei muito. :)
    Te amo Sammy ♥(eu sei, vc ainda me mata por esse apelido)

    Ero-Rukia ;) kkkkk'

    ResponderExcluir
  4. tudo depende de quem queremos ser, de quem realmente somos, às vezes as pessoas sentem medo de tentar, e simplesmente desistem, se acham fracas, sabem que são fortes, mas por um momento, esquecem de simplesmente serem... e nossa, você não sabe o quanto que suas palavras são importantes para mim, são as que mais me fazem ver quem eu realmente sou, quando penso que tudo está acabado, de repente, me vejo, e descubro, tudo aquilo que havia perdido, lendo seus textos, me encontro em cada verso, fico sem palavras, simplesmente, obrigada <3

    Bella Matos

    ResponderExcluir