sábado, 18 de dezembro de 2010

Eu sou assim

Eu sou um pouco diferente da maioria da minha geração. Não gosto de ficar, quero namorar e apresentar ao pais, desfilar de mãos dadas na praça para todos verem, quero colocar "namorando" no orkut com 1 mês de relacionamento, com 3 já quero estar com aliança de compromisso na mão. Quero passar a tarde inteira deitado embaixo de uma arvore alisando o cabelo dela enquanto ela estar dormindo no meu colo. Quero ouvir os problemas dela e que ela ouça os meus. Não quero ser apenas um namorado mas também me tornar o melhor amigo. Mesmo que o relacionamento possa não ser pra sempre, quero tratar cada amor como se fosse o amor mais importante da minha vida, pois só se percebe que se perdeu a sua razão de viver quando é tarde demais. Por isso sou daqueles que amam cada detalhe, que brigam se ela cortou as pontas do cabelo ou se ela usa qualquer desculpa pra não ver-me. Cada detalhe é importante pra mim, cada instante é único e queria fazer de cada dia com ela especial, como se fosse o último dia de nossas vidas. Sou daquele tipo de pessoa que tenta fazer com que cada minuto seja eterno, que cada sonho juntos se torne inesquecível e que cada encontro seja o mais perfeito da história. Sou daquele tipo que se precipita em dizer "Eu te amo" antes da hora simplesmente por que é verdade e não percebe que há o momento certo pra se dizer e nem sempre esse momento é na hora que se percebe que encontrou a pessoa certa. Sou do tipo de cara com pensamentos rápidos que com um ano de namoro já pensa como será a vida maravilhosa de casados e que depois da primeira transa já imagina nomes pros filhos. Sou do tipo que quando escuta ela dizer que está triste, fica triste junto e se sente um completo imprestável por não poder trocar-lhe toda a tristeza por risos de coisas bestas. Sou do tipo que toda a noite, deitado antes de dormir, fica olhando o teto no escuro e enxergando o sorriso dela e consegue até ouvir sua voz, dando risadas e alegrando o coração. Sou do tipo que enquanto pra ela só tá rolando palavras de um cara que tem papo, pra mim já rola sentimentos surreais. Sou do tipo que quando ama, quer fazer dela a princesa de todos os contos de fadas, mas só nas partes boas como o de beijar pra acordar e claro, o felizes para sempre. Sou do tipo de cara que quando acaba um relacionamento, perde muito mais que uma ficante ou namorada, perdi parte de si. Sou aquele que nunca gosta pela metade. Enfim, sou um amante a moda antiga.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Não Amar

Passei tanto tempo me convencendo que não amaria de novo que acabei esquecendo como reconhecer que estou amando, caso aconteça. Vai acontecer, isso é certo. O que é incerto é se vou saber o que fazer. Posso até me decepcionar outra vez, mas vou sobreviver. A gente sempre sobrevive no final. O número de cicatrizes no coração aumenta, mas tiramos algo bom também, sejam boas recordações ou algo mais. Eu amo e com certeza voltarei a amar mesmo já amando. Pode ser que a cada amanhecer, eu acorde apaixonado como se estivesse sentindo amor à primeira vista (quer exista ou não) pela mesma mulher, dia após dia. Pode acontecer que no meio de um café da tarde, em um sábado nublado, simplesmente me vir à mente a certeza que estou amando como nunca amei ou uma vontade incontrolável de estar ao lado dela. Apenas estar ao lado dela. Não é preciso dizer eu te amo para dizer que quer bem e quer compartilhar momentos felizes (e os tristes também, porque não?) ao lado de alguém. Não é preciso de motivos sólidos ou ações exageradas para se ter uma reação de sorrisos incontroláveis toda a vez que vez o rosto da pessoa que lhe agrada. De vez em quando, nem é preciso conhecer completamente alguém para dizer que esse alguém é tudo que você precisa para não precisar de mais nada. É muito difícil saber com precisão absoluta quando se ama de verdade, por isso procuro aproveitar completamente cada momento abrindo meu peito e expondo meu coração valente, pois caso eu realmente esteja amando de verdade, não terei desperdiçado nenhum momento e caso não esteja amando de verdade, lembrarei para sempre dos momentos que temporariamente apaixonei-me (mesmo que por opção própria), assim eu sempre estarei amando, mesmo antes de saber se amo. Por não saber me prevenir, me esconder, acabo sofrendo mais que o necessário, sem perceber. Mas isso não é de todo ruim, se sofro é por que me importo. Se me importo é por que eu gosto. Se gosto é por que amo. Se amo é por que quero passar todos os segundos, minutos e horas ao lado dela, enquanto dure esse sonho gostoso que é amar sem precisar amar. Passei tanto tempo pensando em certa pessoa que essa pessoa já não é qualquer uma, se tornou especial. Se esse alguém especial vai reconhecer ou retribuir o que sinto, eu não sei. Somente sei que amarei e me apaixonarei a cada instante novamente por ela. Estou confuso e meu coração também. Meu pensamento que me faz ficar assim. Independente do fim, só quero vê-la feliz. Então, posso finalmente terminar falando que a amo sem nenhuma mentira sem nem ao certo saber amar. A amo sem precisar amar. Simplesmente: Amo.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Falaram-me que às vezes não me conheciam, que parecia que eu sempre escondia coisas, guardava segredos das coisas complicadas ou complexas e das coisas simples e bobas.
Me falaram que me chamar de louco seria cometer um pleonasmo.
Eu gosto do que eu gosto e não gosto do que não gosto.
Isso é ser louco?
De vez em quando tenho vontade de gritar para que todos escutem a minha voz anunciando que estou feliz, mesmo não tendo nenhum motivo lógico para isso.
De vez em quando quero chorar por estar triste demais por ter passado uma temporada longa de tédio trancado no quarto.
Sinceramente, não sei se procuro lógica em minhas palavras, verdades e ações ou se simplesmente finjo acreditar que alguma coisa no fim fará algum sentido suficientemente forte para justificar todos esses anos perdidos em que fiquei me perguntando: Qual é a resposta?!
Sempre pensei no que iria fazer após certa ocasião ou evento, como iria fazer e se realmente deveria fazer.
Isso é certo?
Pra que complicar tanto as coisas?
Por que temos que seguir protocolos chatos que só existem para deixar a vida bem mais chata?
Não teria bem mais graça se agíssemos intuitivamente sem pensar nas ações consequentes?
Encontrei uma nova diversão: uma garota simples, estilosa, humilde, inteligente, porém sem muito conhecimento e com alguns problemas que podem ser amenizados se tiver o apoio certo.
Nessa nova diversão, tentarei me entregar completamente e observar por qual rumo às coisas vão.
Me divirto por amar sem precisar amar, por gostar e querer emocionar sem que dê tempo para que ela, eu também possa decepcionar.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

"...Felicidade é um fim de tarde olhando o mar..." ♪

sábado, 26 de junho de 2010

Voltando a postar aqui para tentar agradecer uma das melhores amigas que um ser humano pode ter e eu tive a felicidade de "conhece-la" por um acaso dos destino. Esse é pra você :

Ela me encanta
Tão simples, tão pura e tão bela.
Me faz sonhar
Me sinto realizado ao falar com ela.
Me faz delirar
Penso o tempo todo nela, só nela.
Reaprendi a me apaixonar
Para poder amar apenas a você:
Eu te amo Izabella

Quando eu pensava que já tinha vivido as fases mais felizes da minha vida, do nada você vem e me aparece com seu jeito doce como um caramelo, fragil como um dente-de-leão e gentil como apenas só você consegue ser para me mostrar que a felicidade sempre será intensa, desde que eu esteja ao seu lado.
Você não faz idéia de como você é importante para mim. É sempre você que me tira do fundo do tédio ou dos momentos mais tristes da minha vida. Meu alicerce.

Você é uma pessoa especial que me faz sentir coisas especiais
O que sinto por você: Amizade? Paixão ? Não sei mais
Eu não me canso de te esperar
Pensar em você me faz delirar
Só sei que pensar em você me dá vontade de ser Deus por um instante
Para poder criar um mundo onde só exista eu e você e ninguém mais nos alcanse
Um corpo perfeito de se invejar
Depois de te fazer, Deus pode se orgulhar
Você é a dona daquele olhar, que faz a universo inteiro parar
para poder, por toda a eternidade, te adimirar
Por você eu viro: o irmão, o colega, o amigo, o amante
De qualquer maneira, só vivo por esse nosso "romance"
Sofro penosamente por cada segundo que me separa do seu toque, do seu beijo, do seu calor.
Quero te ver, te sentir, te fazer sorrir
Se eu pudesse, colaria no dicionário seu nome, como sinonimo de amor.
Ou talvez de perfeição, alegria e como nome de todas as flores.
Obrigado por existir.


Bella, eu e você para todo o sempre (até o para sempre se acabar)

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Ambos os textinhos (esse e o de baixo) foram retirados do meu notepad de pensamentos.

Antes tarde do que nunca? Será Mesmo? O que de fato adianta levantar-se para ir a luta depois que seus entes queridos já se tornaram seu carpete rubro? Se me falas que o importante é não desistir, eu repondo-te que prefiro não me mutilar em vão. Eu teimo em insistir na grande diferença entre ser um herói e um idiota inútil. Que valor há em não ver o futuro que você mesmo construiu? Que glória existe na vitória sem seus amores como recompensa?
Impressiona-me a facilidade com a qual tanto sorrisos vem, de tantos seres que podem se gostar tanto a ponto de se matarem ou não, o qual é preciso bastante amor, independente a quem seja este destinado. Falsos ? Atores ? Inteligentes ? Não sei. Talvez raça evoluída. Belo humano.

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Passando rapidamente para falar que não esquecy do blog, só que cansei de postar textos emos e que estou um poucããão ocupado com a faculdade, então assim que der tempo eu volto aqui e digo um oi.
Até

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Infância

E ae povinho, hoje to aqui pra tentar voltar o blog nas origens com um texto GIGANTE que fiz na aula de Psicologia na Educação =D. Espero que os poucos que vão ler curtam. Até a próxima amigos.


"Eu acredito fortemente que a nossa infância não se foi para sempre.
Ainda tenho esperanças em ficar junto a ti criando sonhos platônicos e bonitos.
Espero que voltem as nossas risadas sinceras apenas por vermos um animal diferente.
Gostava de correr de você por ter sujado seu vestido novo de sair; de ver sua ansiedade para saber quantos presentes iria ganhar ao se aproximar do seu aniversário; de te ver correr pros braços de quem ama toda vez que caia um relâmpago; de ver sua felicidade “gritante” sempre que sua mãe lhe fazia bonitas tranças; de perceber que você estava conhecendo pela primeira vez o amor, o tão sagrado primeiro amor (seu rosto avermelhado te entregava). Sinto saudades de deitar-me com você sob uma coberta de estrelas cadentes; de ficar de mãos dadas e dizer que estamos namorando, assim tão der repente, sem saber o que aquelas palavras verdadeiramente significam.
Lembra? Já vivemos isso tudo ou pelo menos boa parte. Quando foi que deixamos de sonhar? Desde quando fingimos para nós mesmos que realizamos grandes feitos sendo que ainda precisamos aprender a andar por nós mesmo? Qual é a grande vantagem de se fazer de adulto quando ainda choramos escondidos por não podermos mais brincar.
Se pararmos para pensar, as coisas que levamos hoje conosco realmente valem a perda da nossa alegre inocência, da nossa determinação insuperável em apenas viver cada dia de cada vez e sorrir por cada pequena alegria simples e cotidiana?
Não vale a pena. Se ser adulto é esquecer tudo isso e não poder viver tudo de novo eu prefiro não crescer. Se ser adulto é ser conivente com essa troca nada equivalente prefiro que me deixem na minha terra do nunca pois eu vou morrer falando que a nossa infância, quer você queira ou não, não se acabou."


PS: Beijão especial pra Bella, Cachos e Thay. (Elas sabem por que)Alinhar ao centro

sábado, 17 de abril de 2010

Caracas, a vida anda corrida e sem muito o que se dizer então esse é um post rapido:

"As vezes lembro das coisas boas vividas por nós
As vezes quero que volte o tempo, para que fiquemos a sós
As vezes essas recordações são suficientes para me dizer que
As vezes no nosso coração doi, mas é só no começo."

sábado, 10 de abril de 2010

Burla 001

To de volta. Vou colcar uns videos que eu amo e uns textos rapidos. Até a próxima povo.

“Espero que o mundo mude, e que a situação melhore, mas o que mais quero é que você entenda, quando digo que ainda que eu não te conheça, apesar de talvez jamais encontrar você, rir com você, chorar com você ou beijar você, eu te amo de todo coração, eu te amo.”
......V for Verdetta......


PAUSEM A MÚSICA AO LADO PARA ASSISTIR!

Legião Urbana - Teatro dos vampiros
video

"Ele gostava tanto dessas palavras começadas por in- invisível, inviolável, incompreensível- que querem dizer o contrário do que deveriam. Ele próprio era inteiro o oposto do que deveria ser. A tal ponto que, quando o percebia intratável, para usar uma palavra que ele gostaria, suspeitava-o ao contrário: molhado de carinho. Pensava às vezes em tratá-lo dessa forma, pelo avesso, para que fôssemos mais felizes juntos. Nunca me atrevi"
......Caio Fernandes de Abreu......


Jhonny Cash - Hurt
video

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Diga NÃO!

Semana que vem volta a minha internet então voltarei a ativar efetivamente o blog.
Não estou com pensamentos para textos mas só queria dizer umas poucas palavras que vieram a minha mente graças a ajudinha da sempre sorridente Katiele:

"Por que que tem que ser assim ?
Por que temos que dizer "tudo bem" ?
Só por que isso sempre aconteceu ?
Acredito que a vida vai bem mais além.

Enquanto você se conforma em ser uma existência banal
Eu do meu lado, me supero pra ser um pequeno diferencial

A sua conformação é meu incentivo de SUPERAÇÃO!

Enquanto você se mantém parado para não se cansar ou sofrer
Eu fico motivado, não para rir ou ter pena de você
Mas para te mudar, pois eu sei que você nasceu pra vencer
E que seus sonhos virarão realidade, basta você querer

Diga NÃO!"

quinta-feira, 18 de março de 2010

Chove la fora

Pessoas, mil desculpas pela ausência, é que meu Oi Velox está na TPM e não funciona a umas 2 semanas. Assim que eu consegui uma net descente novamente eu pago o atraso :D. Ah! Antes que eu esqueça, agora sou um Universitário =D (uhuul~~).

“Em dias nublados e frios sempre me associo à conformação.
Não sei bem porque disso, apenas acontece.
Em dias quentes e com céus limpos me associo à ilusão.
As alegrias podem vim, mas tão facilmente somem no vão, assim como uma simples nuvem tampa o sol.
Em dias chuvosos e tempestuosos, simplesmente me calo.
Esses são os dias que as lembranças me afogam em nostalgia.
São os tempos que as lágrimas vem, as lembranças também e principalmente a imagem do meu 'alguém'
Então, esse tempo 'parado' que vem do clima me canta aos ouvidos coisas que eu jamais vou esquecer:
Não soube te amar, me perdi ao te perder e ainda não consigo parar de pensar em você.
Não consegui te alcançar, não pude deter o acaso e ainda sofro ao lembrar do porquê disso.
As vezes não consigo respirar, sangro desespero, não apenas por não te ter mas também por saber que ninguém vai te amar como te amo, como você realmente deve ser amada.
Em alguns momentos errei ou talvez até menti, mas nunca fui tão sincero como quando dizia que nessa vida, só você me fazia verdadeiramente feliz.
Muito em comum e muito em diferente possuíamos: O comum nesse caso poderia ser tanta coisa. O diferente é que, eu para todo o sempre, serei teu.

A chuva passa, o clima volta a rodar e rodar e rodar porem meu pensamento em você... ah! Não preciso dizer mais né ? Você sabe que eu amo usted"

PS: Se preferirem, desconsiderem esse texto. Só escrevi porque tava pensando nisso.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Sonho de criança

Saudações meninos, meninas e aos demais integrantes da turma.
Volto aqui mais cedo do que planejava (para o delirio das fãs xP) por um motivo simples: Como ainda estou na crise de abstinência criativistica, tenho que aproveitar o meu dia a dia para postar algo inteligentemente "insano".
O post de hoje tem uma boa dose de participação de Joly Mariane e conta uma historinha curta da Bella. Uma menininha que pode voltar a aparecer por aqui, quem sabe.
Espero que curtam:

"Minha vida não é das mais difíceis, mas também não é nada fácil sabe?
Só sei que sou feliz, pelo menos tento ser.

Hoje mais cedo, estava muito quente e começou a chover.
Me encontrava muito triste naquele instante, triste como uma criança.
Ao ver a chuva, fui ao seu encontro, sentindo cada gota caindo sobre mim, se misturando as lágrimas, levando tudo aquilo embora.

Percebi então como a vida é grandiosa.
Às vezes nos preocupamos por tão pouco e nunca nos alegramos por tudo que temos.
A cada segundo que permanecia lá, recebia junto à água que parecia lavar minha mente, uma felicidade maior que tudo que já experimentei antes, nem sei explicar aquilo.
Foi como mágica.
Tudo se transformou.
Finalmente compreendi aquela tristeza: eu simplesmente estava cansada de sentir sempre as mesmas coisas em dias diferentes.

Depois a chuva passou e aquele céu incrível apareceu sabe?
Esta lá até agora, a lua, as estrelas, as coisas que quase ninguém dá valor.
Como é bom poder ouvir a natureza falar.
Como é ótimo querer morrer e continuar viva.
Como é ótimo poder dizer verdades falsas ou mentiras verdadeiras sem que nada mude, pois as coisas têm que ser do jeito que acontecem e acontecem do jeito que tem que ser.
Então não há muito sentido em me desesperar.
A vida traz tanta coisa boa, mas ninguém percebe por que então ocupados tentando ser os mocinhos da história, tentando serem os heróis, tentando serem os primeiros, tentando serem sempre mais.
Pra que se importar com as coisas ruins?

Sentei-me para observar as ultimas “lágrimas” da chuva e me perguntei: Será que sempre vai existir o lado sem final feliz?

No fim da chuva cheguei a uma conclusão. Se tão pouco acabou com minha tristeza, não importa o tempo que leve e nem o quanto irá custar, mas ainda vai chegar o tempo que todas as pessoas poderão se amar."

E ae, acreditam que o sonho de Bella pode ser alcançado? Dêem suas opiniões por comentário e se identifiquem para eu poder agradecer devidamente.
Até.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Indignação

Nussa gente, o povo tava reclamando tanto que eu não postava aqui que resolvi aparecer e dizer o por que do sumiço.
Bem, dia 08/02 eu comecei a cursar meu Técnico em Informática pela tarde, então isso está consumindo meu período vespertino.
Semana passada foi a semana da popular manifestação corporal nacional sem sentido onde seus participantes liberam o lado negativo de suas insanidades e praticam ações que normalmente seriam represariadas, mas não nesta semana.
Também conhecido Carnaval, onde eu fiquei sem criatividade.
Pra completar dia 18/02, ao meio dia, eu tive o momento de maior felicidade da minha vida, fui aprovado no VestUfes 2010 e estarei cursando meu curso de Física (Licenciatura) a partir de 17/03 como sempre foi minha meta.
Isso acabará com meu período noturno.
Como minha vida pouco importa para os outros (e para mim também), vamos ao que interessa, minha insanidade:

'Já parou para se olhar no espelho hoje?
O que acha que verá?
Flores e lindas borboletas em sua volta
Ou estará morto em cima de um altar?
Pode parecer bobagem, mas daqui a cinco anos,
Onde acha que estará?
Descansando de mais um dia de realizações
Ou vendo a vida passar?
Viajando mais um pouco,
Como a história de ti lembrara?
Como alguém que lutou por seus objetivos
Ou como somente mais um nome a se apagar?

Estamos no hoje, estamos no agora
Devemos nos levantar e fazer de tudo, pois agora é a hora.
Não deixemos para depois,
Se o momento certo passar, lamento cara, mas, chora.

Imaginemos que somos uma semente
Nascemos, crescemos e se quiser,
Reproduziremos “para sempre”
Quando o “para sempre” se acabar
Iremos envelhecer, secar e murchar
Essa é a ordem das coisas, mas pra que acelerar?
Por que alguns se esquecem que a vida é para se viver?
Qual é a graça de morrer sem ter tido nada a aproveitar?
Sou bem mais a favor de gritar, me machucar, sofrer
Morrer sem ter vivido, não me atrai nem um pouco
Viver, ser feliz e ter sofrido, é melhor que o outro
Se compararmos uma vida covarde com uma vida de lutas
Não tem nem o que discordar,
Não te parece uma comparação injusta?

Posso ser louco, burro ou criança
Mas pelo menos algum dia eu tive esperança
Esperança de me alegrar, de sonhar, de realizar
Não fui fraco como você e tive medo de me machucar.

Você escolhe como vai viver,
Você escolhe como vai acabar,
Eu só lamento por você,
Mas eu não pretendo parar de "brincar".'



PS: Mau o texto grande e mal editado (blogger deu pau), mas é só pra marcar minha volta. Desculpem se não ficou bom, vou tenta fazer algo melhor na próxima. Até.

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Carta do perdão

Good life people, estão gostando do que estão vendo até agora ?
Cara, esses dias eu descobri as minhas duas maiores dificuldade em relação a escrever:
1 - Ter sobre o que falar da maneira como eu quero falar, não dá maneira que você ache certa.
2 - Evitar toda a gigantesca coletânea de conhecimento que tenho em mente para não fazer plágio
Provavelmente vou ficar menos ativo de agora em diante pois começarei uma nova etapa de estudos em minha vida mas nem por isso vou abandonar completamente o blog, sempre que possivel e a "insanidade" permitir posto algo aqui tá ?
Resumindo o lero-lero, desde ontem fiquei pensando em uma garota que é um passado "presente" na minha vida que irei lutar para que não suma do meu futuro. Então meio que seguindo a carta anterior, vou postar outra de minha autoria com grande participação de minha amiga LP. Confiram:

"Olha, você provavelmente está muito nervosa comigo, você tem os seus motivos.
Não vou pedir para você olhar o meu lado, eu errei.
É um fato.
Mas por favor, tente me perdoar, o que fiz foi errado, mas não era mentira quando dizia que te amo, nunca foi, eu realmente gosto de você.
Estar com você é estar preso por prazer.
Gostaria de te pedir, caso tudo que vivemos tenha significado alguma coisa, que fechasse os olhos e tentasse ver, não com os olhos e sim com o coração, onde eu estou: rindo por ter te magoado ou chorando por ter te machucado?
Eu pensei muito e refletindo sobre o assunto cheguei à conclusão de que se estivesse com qualquer outra garota seria indiferente, mas com você seria extraordinário.
Hoje, mais do que sempre, não sei olhar pra mim e não te ver ao meu lado.
Eu pensei em desistir, não por não ter coragem de lutar, mas por não ter mais condições de sofrer*.

Sinceramente, te quero muito mais que ontem e hoje, muito menos que amanha.
Não sei o que nos aguarda ou como será mas imagino como pode ser:
Nos vejo comemorando nossos sonhos, conquistando metas, enfrentando problemas e superando-os e mais que tudo, nos amando.
Hoje você é uma certeza na minha vida, e não sei como eu ficaria se isso mudasse.
Eu escondi meus sentimentos por tanto tempo, mas hoje confesso: eu sou seu admirador, seu pra sempre amigo, seu “pensador”, seu amante, seu sonhador.
De todas as coisas que eu poderia te dizer, somente uma se adéqua neste momento.
Obrigada por existir.
Talvez não mereça, mas caso puder me dar outra chance eu tentarei não desperdiçá-la com todas as minhas forças.
Eu não sou o príncipe encantado, isso infelizmente não pode ser.
Mas uma coisa eu falo, apaixonado por ti serei até morrer.
Peço perdão mais uma vez e repito: hoje eu te amo, ontem eu te amei e para todo sempre te amarei.

Me perdoa ?"

* = Frase de Robert Nesta Marley

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Carta sem dona

Pessoas, venho até vós publicar uma carta que fiz sem ter a quem entregar, ou se entreguei ou entregarei é algo que infelizmente não será dito e nem se realmente existi ou existiu uma destinatária. Se o coração de alguma leitora falar que foi feito para ela, que assim o seja. Espero que gostem:

`Eu lembro do dia que te conheci.
Foi diferente de tudo que já tinha passado, foi a mais bela visão que meus olhos já tiveram o prazer de ter.
Depois, tivemos outras oportunidades de nos ver, poucas, mas porém suficientemente intensas.
Nunca mais consegui esquecer a suavidade da sua voz, a doçura do seu sorriso e o gracioso ar de mistério que seu olhar transmite.
O tempo que passo ao seu lado faz eu me sentir em outro mundo, em um mundo onde não há tristezas e dor, há apenas eu, você e o amor.
Você me faz esquecer dos problemas, sem precisar se esforçar, basta apenas um olhar para eu sentir que meu dia já está ganho.
Outras pessoas provavelmente diriam que simplesmente estou apaixonado.
Eu, porém, não acho que este termo seria o melhor a definir o que está acontecendo, acredito que o “fogo” da paixão vem der repente e vai da mesma maneira.
O que eu sinto por você é bonito demais para que eu deixe ir embora.
Definiria tudo isso simplesmente com um “você faz eu me sentir tão bem”.
É engraçado quando tento compreender completamente a nossa relação, tento pensar em nós mas tudo que me vem a cabeça são lembranças e sentimentos, esses me fazem sorrir e gastar todo o tempo que deveria pensar e tentar decifrar a nós mesmo com alegres lembranças alucinantes.
Será que vamos ser duradouros ou temporários ?
Vamos evoluir ou regredir ?
São algumas das perguntas que me faço sempre.
Não fico obcecado procurando as respostas.
Penso que se soubesse todas as respostas não iria mais me arriscar e sem risco tudo perde a graça e jamais quero que nossa convivência torne-se sem graça ou sem brilho.
Agora não tem mais jeito.
Eu não sei bem o que está acontecendo, nem sei se é o que realmente deveria acontecer, eu só sei que se for com você, tudo bem.
Com você eu consigo suportar, deliberar e superar qualquer obstáculo.
Sem você eu piro, eu desisto de tudo, eu viro uma casca vazia, eu morro.
Caso algum dia eu cheque a não te ver mais, por favor se lembre que sempre existirá alguém que te quer bem e que lembrará de você todas as vezes que tomar sorvete.
Se não nos encontrarmos mais, mesmo que se passe dias, meses, anos ou vidas, o que eu sinto por você não se extinguirá jamais.
Meu coração para sempre dirá que o adeus que o tempo nos obrigou a aceitar simplesmente foi um doloroso tchau, por esse motivo digo apenas "Até logo e se cuide" minha amada, pois o que sinto é imortal e te esperarei o tempo que for necessário.

Eternamente seu.`

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

A Parceria

Senhoras e senhores, hoje venho postar um texto do ano passado que foi a primeira parceria artistica entre eu e minha grande amiga Pamella Kenea. Espero que curtam:

"A Máquina Estranha

Me diz, como não pensar?
Me ensina a engolir as lágrimas e a não chorar.
Me diz como esquecer aquele sorriso e aquele beijo.
Me diz por favor, como deletar aquele olhar.
Me explique novamente onde foi que todo esse amor se perdeu.
Em que exato momento errei?
A que horas tudo mudou?
Pra onde foi tudo aquilo?
Como perdi tudo sem ao menos perceber?
Por quê? Porque comigo outra vez?
Depois chamam a mim, de irracional e frio
Mas como posso sorrir, se a vontade é de fugir pra bem longe?
Ah! Humanos, sofrem tanto.
Logo que cheguei aqui, conheci essa civilização doente e irracional, e aos poucos, me tornei tão humano quanto eles.
Descobri como dependem um do outro, como são consumistas e hipócritas.
Ofendem tanto a própria civilização.
Me pergunto, por que eles mesmos se matam aos poucos?
Agora eu quero ir embora.
Mas descobri que não consigo.
Descobri uma tal máquina chamada Coração.
Tem uma máquina dentro de mim!
Uma máquina mortífera.
Uma máquina que controla minhas ações.
Agora estou aqui me perguntando como fazer que essa máquina pare de me controlar.
Estou sinceramente tentando ir embora.
Outro dia percebi uma coisa salgada corroendo minha pele, não sabia o que significava aquela aberração.
Descobri depois de um tempo que era conseqüência de como minha máquina estava.
Eles tinham razão.
A minha máquina está quebrando.
Existe como consertar?
Não sei... Aprendi uma coisa: “Tempo não é algo que possa voltar”
Acho que não tem mais jeito... Estou morrendo, estou parando de funcionar, já não tenho utilidade...
Hoje descobri que vou pra um lugar que não se sabe ao certo, se realmente existe.
Hoje eu descobri que minha máquina parará e que não serei ao menos lembrado.
Hoje percebi que me perdi do amor, e só então percebi que...
A muito tempo atrás...
Minha máquina parou."

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Anjos


Olá novamente de novo mais uma vez após aquela outra =P
Hoje estou em missão oficial xD. Uma das minhas mais fieis leitoras está com os anos em festa e eu venho para dedicar este post a ela. Obrigado por me acompanhar Bel Azevedo ^^

Passei o dia todo pensando sobre o que poderia escrever sobre você
Depois de algumas horas sofridas sem vim nada a minha mente eu
Quase cheguei a conclusão que eu não tinha nada a falar sobre você.
Então eu acordei para vida e percebi que não era nada disso
Tudo o que podia e queria dizer já estava em mim, mas estava buscando
No lugar Errado, pois há coisas que não se encontra na mente e sim no coração.
Espero que me perdoe por não ser um poeta ou alguém de belas palavras mas
Tomara que possa entender que nas humildes palavras que dedico a ti coloco
Todo o meu real sentimento.

"A primeira vez que te vi de verdade, finalmente pude perceber o significado da palavra perfeição.
Pude finalmente perceber que milagres realmente existem, pois acabava de vislumbrar um em minha frente.
Estava vendo um anjo de asas recolhidas que possuía um brilho noucateante.
Um brilho que me fez esquecer de todos os infortúnios da vida, que me fez desejar que o tempo parasse, que aquele segundo durasse a eternidade para assim continuar cego por tamanha formosura.
No momento seguinte que seus olhos encontraram os meus, pela primeira vez na vida, duvidei de todas minhas crenças.
Naquele momento percebi que a estrela maior da constelação que pertenço não se chamava sol, percebi que a estrela responsável pela sustentação da minha existência pairava perante a mim.
Quando ouvi sua voz, descobri que tal divindade tinha dons ocultos, dons capazes de curar todos os males do mundo, capazes de regenerar corações feridos e capazes de apaixonar qualquer um no primeiro encontro.
Com o passar do tempo, a cada dia que me aproximava mais de você, me perguntava se era realmente necessário morrer para estar no paraíso, pois já estava nele quando estava ao seu lado e não conseguia imaginar algo melhor.
Com o passar dos anos pude perceber que você tem asas de mel que fizeram meu coração grudar em ti de tal maneira que não sei como ainda vivo.
Deve ser por que não quero fechar os olhos e parar de ti ver nem por um segundo quem dirá para todo o sempre.
Com o passar dos sonhos me ensinaram que anjos não existem, não são reais.
Que magia é coisa de contos de fada e que milagres nem sempre são verdadeiros.
Mas como pode tudo isso ser mentira se você existe ?
Antes acreditava na razão, mas você me fez conhecer o real significado da emoção.
Não me apaixonei pelo nada, eles estão errado.
Me apaixonei pelo meu tudo: Meu chão, meu céu, meu mar, você quer me namorar?"

Feliz Aniversário

PS: Me digam se sirvo para escritor de romances, primeira tentativa xP

domingo, 31 de janeiro de 2010

Estranho, esquisito...


Como tem tempo que não apareço aqui, resolvy aparecer hoje.
Primeiramente quero dedicar esse post a Joly Mariane, a aniversariante do dia.

Amo ela. Amo mais do que sei demostrar.
Com ela eu pude entender toda a grandeza que o mestre Khalil Gibran quiz dizer ao recitar a mais famosa de suas frases:

"A simplicidade é o último nível da sabedoria"

Com ela pude aprender que não é necessário demostrações de afeto exuberantes para se provar o tamanho do sentimento que se mantém por alguém, mas sim a veracidade do mesmo em coisas simples como um "eu gosto de você" ou mesmo um singelo "oi".
Com ela pude perceber que não importa quão necrosado nossa sociedade esteja, sempre é possivel se encontrar pessoas que arrebatam todas as tritezas e maldades com um simples olhar e que não vale a pena duvidar disso.
Com ela pude compreender que é idiotice demais tentar amadurecer antes da hora só por que "está na moda" e que as pessoas "infantis" tem muito mais a nos ensinar do que aquelas que se põem rotulos de maduro para se camuflar.
Com ela pude entender que os verdadeiros valores que devemos respeitar não são aqueles que o mundo dita, mas aqueles que seu coração diz ser os corretos.
Com ela pude conceber que amizade vai muito além do estar perto ou se falar constantimente, que vai além do compreensível pela razão, que simplemente é algo tão complexo que a sua forma verdadeira vai ser sempre um mistério mas que é o que nos mantém vivo, até mais que o Amor.
Com ela pude sorvir que é possivel sim amar alguém a primeira vista (sem necessariamente ser paixão) e que é totalmente natural sofrer por está longe de quem você não viu muitas vezes, que a saudade é tão frenetica e constante quanto o respirar quando se gosta de alguém.
Com ela pude deduzir que a frase "Viva para ser feliz e não viva em vão" deveria ser o XI mandamento do cristianismo.
Enfim, com ela aprendi a rever minhas ideologias e conceitos.
Se for ficar falando tudo que aprendi com ela aqui nunca vou acabar, pois a cada palavra que ela diz, só faz a me ensinar juntamente como me faz andar nas nuvens.
Saibas que eu te amo (no mais sincero dos significados da palavra)hoje e sempre.
Feliz aniversário.


Pra encerrar gostaria de colocar algumas de suas frases:

"Eu sinto falta de coisas que não me lembro, falta dos momentos que não guardei simplesmente por não poder escolher minhas próprias lembranças."

“Minhas coisas falsas substituem verdadeiras temporariamente, e de tempos em tempos substituo antigas lembranças por memórias recentes...”

"...tudo o que carrego comigo sempre volta , mesmo que em sonhos , pra me dizer , que eu já não preciso me fazer de forte para resistir a saudade, por que já aprendi a me ensinar coisas sobre a conformação..."

PS: Desculpe a ausência e principlamente o ultimo post =P

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Amigo

Eu acredito em uma das verdades mais verídicas do mundo que dita assim:

"Ninguém é tão ignorante que não tenha algo a ensinar; e ninguém é tão sábio que não tenha algo a aprender"

Essa "lei social" se aplica a tudo e em qualquer ocasião, isso é certo.
O que acontece é que normalmente ela está se prossesando implicitamente.
Afirmo que ninguém é perfeito, que o sonho do conhecimento que abrange a todas as coisas é puramente fantasioso e que acima de tudo, todos aprendemos.
Aprendemos com cada dia vivido, com cada amigo obtido e com cada palavra dita.
Aprendemos com cada abraço recebido, com cada piada não entendida e com cada lágrima perdida.
Podemos até aprender novas visões sobre conceitos que teimamos afirmar que sabemos perfeitamente.
Um desses conceitos é: Amigo.
Como ou onde se consegue um ? Não me atrevo a palpitar.
Se pensarmos um pouco, não seria falsidade afirmar que essa é uma palavra terrivelmente abstrata, só menos que o amor.
Cada um tem a sua concepção do que é ser amigo.
Podemos ouvir alguns dizer que amigo é :
Aquele que oferece companhia, carinho, atenção, conselhos, ajuda entre outros;
Aquele que está lá pra conversar, rir, chorar e/ou que descontem a raiva em cima dele;
Aquele que está lá nos momentos emotivos e nos momentos de melhoras e de alegrias.

Particulamente, eu não sei se concordo com tudo isso ou mesmo se estou pronto para assumir tal função tão importante e dificil na vida das pessoas.
Sério, posso falhar em alguns desses quesitos sem querer como também posso completa-los sem saber.
Na duvida, compre um cachorro.
Não é que eu ou qualquer outra pessoa não seja um amigo de verdade ou simplismente um bom amigo, o que acontece é que simplismente não aprendemos o suficiente e não creio que seja com pressão ou cobranças que iremos aprender.
Só morro concordando com uma coisa: Não é preciso que ache que alguém é seu amigo para ele ser, pois é no coração que a amizade vive e não em coisas que nossa mente consiga entender
Termino essa minha insanidade com uma alteração na "lei social" de abertura do post:

"Ninguém é tão hostil que não tenha algo a te emocionar e ninguém é tão amigo que não vá um dia te decepcionar, mas é preciso perdoa-lo por isso, não ?"

Pensa nisso tá?


PS: Desculpem a ausência, é que eu estive estudando e arranjei um maldito vicio chamado Grand Chase. Só to postando agora porque o server tá em manutenção xD

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Ente Querido

Hoje estou triste então não esperem um post alegre.
Hoje um membro da minha família veio a falecer.
Não era um parente qualquer, era muito mais que isso, era meu melhor amigo.
Sempre que eu estava sozinho, tendo pensamentos insanamente negativos, era ele que me tirava da solidão.
Sempre que eu precisava de uma ajudinha para me aproximar de alguém, era ele o primeiro a me ajudar.
Sempre que eu me sentia um lixo, ele vinha e me mostrava que a realidade não é essa, dependendo do referencial em questão claro.
Sempre que precisava de uma companhia para minhas viagens longas a lugares perigosos ou desconhecidos, não havia outro senão ele que se oferecia a me acompanhar.
Nunca vou me esquecer das nossas tantas conversas juntos, de todas as vezes que ele me fez sorrir.
Arrisco-me a dizer que ninguém me viu tão feliz nos últimos meses sem ser ele.
Quantas vezes eu já te liguei apenas porque não conseguia dormir, e você sem reclamar nem mesmo uma única palavra ficava comigo até que aquele momento que precisava desabafar ou simplesmente chorar sem lágrimas (ler-se momento emo) passasse.
Algumas de minhas melhores amizades só estão no nível de verdadeiros amigos e não simples conhecidos ou colegas porque ele sempre foi presente em minha vida e nunca deixava que eu me acanhasse, o melhor catalisador de todos.
Incontáveis foram as vezes que ficávamos cantando os mais variáveis tipos de música, geralmente músicas de corno, sem ter o que fazer ou simplesmente porque eu precisava e você sabia do que eu precisava sem eu precisar falar-te.
Foi um prazer inenarrável ter a sua companhia.
Vou sentir a falta dele pelo resto de minha vida.
Nunca tirarei ele da minha memória e de meu coração.
Deus levou-te para o lado dele.
Nunca vou entender os malabarismos divinos muito menos porque tinha que ir tão novo.
Vá em paz meu amado celular MT6625.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Pessoas "bobas"

Hoje eu percebi que ando perdendo parte da minha humanidade.
Em uma conversa simples com um alguém da minha vida eu percebi que já não tenho:
Esperança, pois sem ela impeço qualquer desilução;
Confiança, pois sem ela impeço qualquer traição;
Não sei se é o certo ou o errado ter ou não ter tais sentimentos, só sei que já não me pertencem.
Como qualquer coisa nesse mundo, minha abdicação destes gerou dois lados.
O lado possitivo é que não ganho tantas cicatrizes como os que se arriscam.
O lado negativo é que para se evitar as coisas ruins também é necessário se evitar as coisas boas por efeito colateral.
A questão de tudo é: Vale a pena viver assim ?
O que é a vida sem risco ?
Perde-se completamente a graça. Vale a pena tamanha covardia ?
Você deixaria de namorar uma pessoa por medo de que um dia acabe em sofrimento ?
Você abaixa a cabeça para a ditadura (seja ela qual for) pois sabe que seja castigado, mesmo em prol de algo benigno ?
Você deixaria de viver por que no fim tudo se resume em morte ?
Fiquei com esses questionamentos depois que aquele alguém do inicio do texto me disse que embora saiba da verdade que não se deve confiar em qualquer um e nem ter tanta esperança por qualquer coisa mas que mesmo assim ela não abandona esses sentimentos tão bonitos e sinceros, pois se diz uma pessoa "boba".
Então cheguei a questão: Pessoas "bobas" são boas ou ruins pra humanidade ?
Pessoas "bobas" não são covardes concerteza, pois não tem o medo de arriscar e de tentar ser feliz.
Pessoas "bobas" acreditam que a fé (não a religiosa) move montanhas e que é bobagem deixar alguns principios de lado só por que não deram certos na primeira vez ou na segunda.
As minhas perguntas finais são: Você quer ser uma pessoa sem cicatrizes e que passa a vida "não vivendo" ou quer ser uma pessoa "boba" ?
Seja qual for sua escolha saiba que tera conseguencias. Está disposto a pagar o preço pelo estilo de vida que você mesmo escolheu ?

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Percebi meu reflexo

Durante minha vida tão longamente curta vivenciei experiencias suficientes para escrever muitas palavras, frases e parágrafos que provavelmente ninguém leria.
Não por ser uma leitura ruim ou similar, mas simplesmente por que só encontrariam verdades reais e não as verdades dos contos de fada que tanto encantam por seu mecanismo prático de que no fim tudo dá certo ou tudo foi por um motivo, as quais fico incerto se tenho o direito de chamar de "verdades".
Percebi através de minhas marcantes lembranças que o ser humano é mais maquiavélico do que a sociedade permite que ele revele.
Percebi que não são as metas e objetivos que dão motivação para se seguir em frente, mas sim o gosto de desafio cumprido após alcançar o que se almeja.
Percebi que o ser humano é fraco e totalmente débil se não possuir um "porto seguro" ou simplesmente algo que o motive.
Dizem que o ser humano é o animal mais inteligente do planeta mas na minha opinião eles não deveriam generalizar tanto as coisas.
Existem certos ratos que dariam boas aulas para certos humanos.
Percebi que o ser humano é covarde, pois sempre procura mascarar as suas ações com moralismos falsos e idealismos hipócritas terceirizados.
Percebi que o ser humano é incompetente, principalmente quando tenta proteger o improtegível ou salvar o insalvável até mesmo quando se trata de pequenas coisas, ou vai dizer que nunca perdeu algumas toneladas de sonhos para o tempo?
Percebi que o ser humano é ignorante. Tão ignorante que se convenceu que é sábio, que piada.
Enfim, percebi que somos todos seres humanos.
Percebi que esses seres humanos não estão dispostos ou preparados para ler o que eles podem ver em seus próprios espelhos mas que por um questão de vaidade ignoram, mesmo que inconscientemente.
Não sou uma pessoa que tenta ser filósofo ou poeta. Tento apenas expressar em algumas poucas palavras como alguém pode ficar demasiadamente insano, ou não né.
Ah! Meu nome é Sandeco Ploft, 18 Anos, futuro estudante do curso Técnico em Informática e quem sabe algum dia de Licenciatura em Física.
Em resumo, um louco.
Até a próxima.
Bjunda
;*